“Parabéns! Espero que tenhas um dia fantástico e recheado de tudo o que mereces. Beijinhos/abraços”

Apesar da mensagem que inicia esta publicação ser totalmente inventada, poderia ser uma que facilmente enviaria há uns anos. Indo mais longe, uma mensagem que muito provavelmente qualquer pessoa envia quando alguém faz anos. É uma mensagem boa, simpática e bonita. Todavia, quando cada vez se vive mais a vida do outro pelo meio online e onde a empatia parece estar em queda, o ano passado fiz uma mudança importante. Uma mudança que quero partilhar convosco…

Não, não vou vender nenhum produto milagroso como na televisão, nem vos dar os números do euromilhões. Aquilo que antes partilho convosco, é a forma como começo a olhar para as mensagens padrão de aniversário. Para a forma como, em poucas palavras, cingimos a existência do aniversariante a um momento, desejando-lhe somente aquele dia de bom. E isto, isto fez-me confusão. Quero dizer, não temos mais dias no ano? Bem sei que há quem faça anos no último dia do ano e um novo se poderá iniciar, mas será que as pessoas não merecem que, ao nos lembrarmos delas, possamos desejar não um bom dia, mas um bom ano?

Tenho plena noção que esta publicação pode parecer ridícula. Talvez ainda mais quando hoje é o meu aniversário (yup, verdade, verdadínha). Mas…, mas o ano passado comecei a olhar para o que escrevia nos postais de aniversário do trabalho e apercebi-me o quão feliz fiquei por, ao invés do “tem um excelente dia”, passei a desejar “tem um excelente ano”. Quem lê pode nem dar por isso, mas se me lembro da pessoa, ao menos que seja sincero. Que tenha a capacidade empática de desejar algo bom, perpetuado no tempo e que aquela “nova idade” dê origem a novos desafios.

Para os que se preocupam com a minha sanidade mental com esta publicação, nada temam. Vou antes reformular desta forma: em anos tão difíceis quanto estes, em que a certeza do amanhã e do antigamente parece posta em causa, porque não pararmos para pensar no peso das nossas palavras e do efeito que estas podem ter? Muitos podem achar insignificante, mas para aqueles que sofrem em silêncio, pode tornar-se num abraço inesperado e que não sabiam precisar.

2 thoughts on “Vamos falar das mensagens de aniversário?

  1. Olá Diogo

    Tema importante. As palavras bem escolhidas (e ‘reais’) em certos momentos podem ter um significado profundo e trazer conforto e esperança. Acredito que a pandemia nos testa como seres humanos. É preciso rever nossos valores e sentimentos de empatia e compaixão.
    O aniversário é uma oportunidade de celebrarmos a vida. Parabéns! Espero que tenhas um dia e um ano de inspiração e momentos felizes.

    Liked by 1 person

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.