A lógica inexplicável de não se pensar muito

Pensar faz parte de nós. É difícil deixar de o fazer. Já o tentei inúmeras vezes e, quer tenha sido enquanto tento adormecer ou simplesmente quando tenho alguém em cima de mim enquanto recebo uma massagem tailandesa, nunca consegui silenciar a mente. Também não é isso que venho aqui ensinar, está claro — ia falhar, … Continue a ler A lógica inexplicável de não se pensar muito

O que os autores estão a fazer para se protegerem no Reino Unido e o que realmente penso de todo o mercado editorial!

Foi no mês passado que dei com uma publicação de um blogue (obrigado, Google, pela sugestão) que falava como os autores se tinham de começar a proteger mais. Uma publicação de uma autora convidada que, na verdade, é dona de uma editora de publicação híbrida. Isto chamou-me logo à atenção, e não só fui ler … Continue a ler O que os autores estão a fazer para se protegerem no Reino Unido e o que realmente penso de todo o mercado editorial!

Como assim, é possível reaver os direitos de um livro?

O mês de janeiro e fevereiro foram marcados por anúncios importantes para a minha carreira enquanto autor. É ainda estranho não ter os livros passados no mercado, o certo é que isto permitiu-me um novo recomeçar. Nisto, muitos são os autores que não sabem os seus direitos e, quando anunciei esta minha decisão, recebi perguntas … Continue a ler Como assim, é possível reaver os direitos de um livro?

Anúncio: Assinei com a Velha Lenda, e isto é o que significa!

O começo deste ano foi e está a ser o mais desafiante de todos. Muitas das coisas eram, para mim, inesperadas, mas outras mais previsíveis e que me levaram a algumas decisões. Algumas destas decisões tomaram forma o ano passado relativamente ao meu primeiro romance, "o bater do coração". Na altura até equacionei voltar a … Continue a ler Anúncio: Assinei com a Velha Lenda, e isto é o que significa!

Olá aos 27 com uma bucket list de coisas a fazer antes dos 30

Podem não acreditar, mas tenho esta publicação nos rascunhos desde 2019. Três anos passados, achei que faria todo o sentido escrevê-la, nesta comemoração dos meus 27 anos. Apesar de os ter feito no sábado, dia 12, decidi usar uma lista que a Rádio Comercial partilhou em 2021 e refletir nela. A lista dá sete "coisas" … Continue a ler Olá aos 27 com uma bucket list de coisas a fazer antes dos 30

Diogo Convida: A auto-publicação é a resposta para a crise do mercado literário? – por Ana C. Reis

Quando me sentei a escrever as minhas primeiras histórias, não imaginei que o futuro me levasse pelos caminhos sinuosos da auto-publicação. Poucos sabem que comecei esta jornada escrevendo e submetendo contos em inglês a revistas literárias internacionais. Depois de muitas rejeições e algumas respostas encorajadoras de editores do outro lado do Atlântico, decidi arriscar pela … Continue a ler Diogo Convida: A auto-publicação é a resposta para a crise do mercado literário? – por Ana C. Reis

Sabem, nem sempre vender é tudo!

São diversas as vezes que eu, ou outros autores, desesperam com os relatórios de venda. A alimenter isto pode estar alguma pressão editorial, financeira ou até mesmo o discurso de amigos e colegas escritores, com a típica pergunta: "Então, quantos exemplares já vendeste?". Apesar de compreendido este entusiasmo e até as expetativas, nem sempre estas … Continue a ler Sabem, nem sempre vender é tudo!

Reavi os direitos do meu primeiro romance…

Pode ser algo quase chocante — especialmente para quem não me acompanha no Instagram —, mas na semana passada, após conversar com um editor, cessei o contrato que tinha. Com o término deste contrato, que se renovava anualmente, voltei a recuperar os direitos de distribuição e comercialização daquele que foi o meu primeiro livro e … Continue a ler Reavi os direitos do meu primeiro romance…

Devem os livros ter avisos de gatilhos (trigger warnings)? Como o faço?

Ao longo dos últimos meses tenho ganho a consciência de como, para os leitores, os avisos de gatilhos nos livros são importantes. Tendo refletido sobre esta temática e procurando, a cada história, uma introspeção nos leitores e em mim, achei por bem que devia honrar e levar este compromisso com os leitores e indicar os … Continue a ler Devem os livros ter avisos de gatilhos (trigger warnings)? Como o faço?