Vivências Anormais #10 – 1+1…

Bom dia, como estão? Pois é, hoje tenho um texto “novo” para vocês !, e já que estava na hora de mais 😀 . Mas vá, vamos à devida introdução para os novos leitores para depois se deliciarem com as suas palavras: Pois bem, não tardou o sucesso dos textos anteriores,  (eu bem vos tinha avisado 😀 ), e … Continue a ler Vivências Anormais #10 – 1+1…

Será que…?

"Será que ele já tinha perdido alguém? Será que tinha sido demasiado fria e orgulhosa a ponto de deixar de ter sentimentos… Suspirei. Na verdade… e sabia reconhecer, parecia que já não acreditava em nada e apenas confiava nas personagens dos livros: elas mentiam, mas nós sabíamos, elas podiam desiludir, mas o leitor sabia sempre … Continue a ler Será que…?

“Bancada”

Estava felicíssimo. Estava radiante! Como se todos os meus problemas tivessem desvanecido. Mas então vi-te!Vi-te abatida.Vi-te caminhares até à bancada e apoiares o teu corpo fragilizado sobre os azulejos que quase podia jurar terem-se tornado vermelhos com tamanha dor.As tuas pernas fraquejaram..., não aguentavam! Foi aí que apareci. Foi aí que te agarrei.Rodei-te com os … Continue a ler “Bancada”

A Caixa da Vida

É geralmente durante a noite… quando o frio me invade e tenho apenas como companhia a escuridão… uma escuridão que, aliada ao meu ser, me faz fechar os olhos e abrir a caixa das recordações. Abro a caixa, abro a caixa com bastante cuidado. Não porque tenho medo, mas sim porque o que guardo lá … Continue a ler A Caixa da Vida

“A MÚSICA TOCA, O ARTISTA CANTA, E O SENTIMENTO INSTALA-SE”

A música toca, o artista canta, e o sentimento instala-se. É assim, não é? É sempre assim. Aquela palavra que nos toca, que toca na nossa ferida de uma maneira tão violenta… tão intensa… de uma maneira tão fria. Faz-nos pensar que não estamos verdadeiramente bem. Faz-nos sentir que… faz-nos sentir magoados. Que, afinal de … Continue a ler “A MÚSICA TOCA, O ARTISTA CANTA, E O SENTIMENTO INSTALA-SE”