Tenho inveja!

Todos os dias acordo, de coração apertado, incapaz de ficar indiferente a esta agonia que me consome. Que me tortura… E é nas pequenas coisas do dia a dia que a inveja se apodera de mim. Que o ciúme me corrói até à ponta dos dedos, infeliz… nostálgico, apaixonado. Tenho inveja da água, que desde manhã … Continue a ler Tenho inveja!

O Primeiro Autocarro da Manhã

Muitas vezes quero simplesmente escrever e nada de jeito se passa na relação que os meus dedos têm com o meu lado criativo. Como se houvesse um bloqueio que não me deixa escrever aquilo que quero. Outras vezes vou directamente ao protejo que tenho em mãos para "descarregar" toda essa excitação. Hoje tentei algo... Não sei … Continue a ler O Primeiro Autocarro da Manhã