2018: Ao que estou agradecido

Este ano passou a correr. Eu sei que todos os anos dizemos isto a nós próprios, mas a prova disso é que esta publicação tinha como título "2017: Ao que estou agradecido". É verdade, enganei-me no ano, mas não me enganei nas memórias do que este ano me deu... Como viram, em termos de leituras … Continue a ler 2018: Ao que estou agradecido

É como se estivesses a gritar… e ninguém ouvisse… Mas há quem ouça!

Todos temos esses dias… Aqueles dias em que nos sentimos em baixo… aqueles dias em que, ao olharmos para o lado, não vemos ninguém… dias esses que é difícil olhar pela janela da vida e ver, com verdadeiros olhos de ver, aquilo que aconteceu. É difícil! É difícil porque sentimos que nos tiraram o chão. … Continue a ler É como se estivesses a gritar… e ninguém ouvisse… Mas há quem ouça!