O começo deste ano foi e está a ser o mais desafiante de todos. Muitas das coisas eram, para mim, inesperadas, mas outras mais previsíveis e que me levaram a algumas decisões. Algumas destas decisões tomaram forma o ano passado relativamente ao meu primeiro romance, “o bater do coração”. Na altura até equacionei voltar a editar e publicar a história em e-book e de forma gratuita.

Acontece que o começo do ano trouxe novos desafios e um e-mail que me fez acreditar em pleno no meu trabalho e naquilo que consegui fazer para dinamizar os meus livros, nomeadamente o Dislike, que teve, como foi descrita: do “evento mais dinâmico e entusiasmante” na revelação da capa numa plataforma social. O poder desta história e do que abri criativamente para ela gerou um impacto tão grande nas histórias que penso que o e-mail que recebi fez-me acreditar no poder das histórias LGBT e como poderia fazer a diferença.

Isto fez-me pôr em perspetiva algumas situações e entregas pessoais ao ponto de saber que queria uma mudança para mim. Uma oportunidade de começar uma nova caminhada e uma que fosse numa casa que tenho adorado ver crescer e de forma tão positiva. Nem sempre a mudança é bem vista e, infelizmente, nem sempre as transições acontecem como esperamos. Por vezes surgem sentimentos inerentes ao ato que retiram o amor, neste caso, aos livros e à relação entre editor/autor/leitor e que prejudicam tudo, mas tudo resultou em algo que me deixa feliz.

Assinei com a Velha Lenda

Pelo compromisso assegurado e garantido nesta casa editorial, sabia que queria caminhar lado a lado com a minha nova editora, a Raquel. Uma caminhada na perseguição do que gosto e quero para a minha carreira literária! Isto, claro, fez-me reaver os direitos de todos os meus livros. Ok, quase todos…

Sabem que sempre me pautei pela transparência como forma de ajuda aos outros, pelo que esta publicação fazia mais que sentido face ao meu historial e apoio que tenho recebido. O que quero com isto dizer? Quer dizer que os meus livros anteriormente publicados: “o bater do coração”, “Esquecido” e “O Que Nos Magoa” irão voltar a ser publicados e em edições completamente renovadas, revistas e editadas. Tal e qual como os leitores merecem!

Existe algo muito importante no meu percurso e que se traduz no respeito ao leitor, e saber que terei a oportunidade de corrigir o apontado em diversas críticas a “O Que Nos Magoa”, dá-me alegria mais que suficiente para os próximos anos. Ademais, a perspetiva de como posso ir mais além e que agora se torna possível por meio de uma editora de texto, algo que em Portugal é raro de encontrar.

E o Dislike?

Esta minha história, a minha primeira LGBTQ, irá esperar. As outras também, visto que não tenho cronograma para a publicação das mesmas e existe um grande trabalho ainda meu pela frente, mas só terei os direitos desta minha história em 2023.

Isto é algo que me entristece, visto que acreditava que a mesma continuaria à venda este ano por conta de como interpretei o que me foi dito e pelo respeito que tenho por quem nela trabalhou, mas só em 2023 a voltarei a ter “na minha gaveta” e pronta para um novo destino, seja ele qual for. Até lá, a partir de hoje, o livro deixará de estar disponível nos canais comerciais. Na verdade, todas as histórias passadas deixaram de ser possíveis de comprar desde o dia 15 de fevereiro. Existiu alguns atrasos e incumprimentos nalgumas plataformas, mas estão oficialmente indisponíveis para compra.

Um pedido de desculpa

Tudo isto tinha de se traduzir também num pedido de desculpa aos leitores e da surpresa de tudo isto. Continuam, na verdade, a ser as diversas publicações que recebo de críticas e de pessoas que queriam comprar o livro e que hoje, com esta publicação, ficarão a saber que tal não se torna mais possível. Foram muitos os que queriam comprar o Dislike nas últimas semanas e que não conseguiram também por indisponibilidade na Wook (que é a plataforma mais pretendida). Lamento por isto, teve a ver com stocks e, infelizmente, quem comprou nesse período teve o dinheiro devolvido sem outra solução. Sei que outros conseguiram comprar este mês de fevereiro, e deixa-me feliz por esses leitores e, desde já, as minhas desculpas por agora estarem a saber desta minha decisão.

Não poderia dizer nada e, mesmo sabendo que o livro tendo estado indisponível pela Wook gerou algumas reações na comunidade, nada poderia dizer pelo respeito a todos os intervenientes neste processo. Espero que compreendam e que, apesar de tudo, apreciem a história do Dislike e todo o trabalho que foi nele depositado.

Não me poderia sentir mais feliz!

Será, claro, na Velha Lenda, que estrearei uma nova história dramática que irá ter como suporte um dos maiores problemas sociais portugueses. Quero também dar conta de como a personagem principal tem Twitter! É verdade. Achei que seria interessante dar uma nova camada ao Gabriel e a tudo da sua vida e dar, aos leitores, uma nova forma de interação com a história e o seu processo de desenvolvimento. A conta tem o nome de GabeFCFernandes (Gabriel Fictional Character Fernandes) e podem seguir aqui.

Podem ler o artigo ao carregar na imagem

Não posso dizer mais nada, somente o quão feliz estou por juntar-me a esta família cheia de talento. Um que começa pela Raquel Vicente, até ao sucesso da Hélen White (confesso que já li uma cópia avançada do seu livro, roam-se de inveja), assim como ao Francisco Ramalheira, ao Pedro Beckett e à minha querida Andreia Ferreira.

A editora caracteriza-se pelo seu modelo tradicional e por uma transparência visível nas suas plataformas aquando aos seus lançamentos futuros, pré-vendas e vendas, e não poderia sentir-me mais grato por isso.

Ficam, claro, a saber que mal tenha novidades, serão dos primeiros a saber. Obrigado por isto. Obrigado por todo o vosso apoio e entusiasmo. Não é esquecido!

3 thoughts on “Anúncio: Assinei com a Velha Lenda, e isto é o que significa!

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.